segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

5 mitos sobre a Igreja Orgânica

Publicado por @paoevinho Categoria: Odres Novos

“Igreja orgânica” é um termo normalmente usado como sinônimo para “igreja nas casas”, “igreja simples” ou “igreja nos lares”. Mas isso não é correto. Há várias diferenças entre uma igreja orgânica autêntica e um grupo de pessoas que se reunem em uma sala de estar e se auto-denominam igreja.

O termo “igreja orgânica” foi criado por T. Austin-Sparks e se refere a uma igreja que vive e se reune de acordo com a realidade espiritual de que a Igreja (ekklesia) é um organismo espiritual e não uma organização institucional.

Alguns mitos sobre as igrejas orgânicas

Nas igrejas orgânicas, nada é organizado e tudo é espontâneo. Incorreto. Assim como o corpo humano tem uma expressão específica e uma organização, do mesmo modo as igrejas orgânicas. Os membros planejam como e quando se encontrarão. Esta prática é totalmente consistente com a vida spiritual. O próprio Deus faz planos.

Uma igreja orgânica não tem líderes. Incorreto. Liderança é algo que surge no Corpo de Cristo por meio de cada membro, em tempos diferentes. Pessoas diferentes lideram de acordo com seus dons e ministérios distintos. Na Igreja Orgânica, todos são sacerdotes, ministros e partes funcionais do Corpo, assim como ensina o Novo Testamento. A liderança é aberta, participatória e fluida.

Igreja orgânica é o mesmo que pós-igrejismo. Incorreto. Igrejas orgânicas podem ser visitadas. Elas se reunem em lugares reais e regularmente. Não são igrejas fantasmas.

Igrejas orgânicas sempre se reunem em casas. Incorreto. Ainda que as igrejas orgânicas não possuam “edifícios sagrados”, elas podem se reunir em qualquer lugar, seja uma casa, uma cafeteria, um chalé, em um parque ou em um edifício alugado.

Igreja orgânica é um movimento unificado. Incorreto. Muitos cristãos usam a expressão “Igreja Orgânica” para descrever diferentes expressões da Igreja, até mesmo igrejas institucionais.

Artigo completo [em inglês]: The Rebuilders. Tradução: Pão & Vinho.

Ler também:

Um comentário:

  1. Caros,
    O Senhor determinou que devemos amar a Ele sobre todas as coisas. Ocorre que, segundo 1 João 2:4-5, amar a Deus significa guardar os Seus mandamentos, entre os quais estão aqueles que foram revelados pelo Espírito Santo, nas cartas dos apóstolos (1 Co 11:2; 1 Co 14:37 e 2 Ts 2:15).
    Assim sendo, eu gostaria de saber:
    (1) Como essas "igrejas em casa" cumprem 1 Timóteo 3?
    (2) Qual a doutrina usada nessas igrejas? Cada uma faz a sua ou seguem as concepções de um líder?

    ResponderExcluir

Postagens populares